quinta-feira, julho 09, 2020

O significado da palavra "juntos"

Imagem retirada do Tumblr

Neste preciso momento, podemos escapar de todos os lugares que algum dia levaram-nos para a escuridão.
De certa forma, podemos sentir o pico da felicidade por estarmos tão perto de colecionar momentos juntos.
Talvez aqueles que nunca tivemos coragem ou alguém com quem realizar.
Estamos juntos e estamos juntos como deveria ser.
Estamos juntos porque já estava escrito em algum lugar que eu e tu iríamos cruzar-nos na vida um do outro somente para fazer o bem.
Estamos juntos porque escolhemos sarar as feridas causadas pela crueldade do mundo e com o amor que temos para dar, não há nada que cure tão bem uma dor mal cicatrizada.
Estamos juntos porque estávamos prontos para aprender um com outro, estávamos destinados a descobrirmos o mundo juntos.
Simplesmente juntos!
Essa palavra "juntos", estando do teu lado faz completamente todo o sentido é como se estivesse aprender o verdadeiro significado dela como se a muito tempo tivesse perdido a noção de tudo.
Nada faz-me mais feliz do que saber que tenho alguém que coloca-me em cima quando eu estou embaixo e que tem vontade de nunca mais ver-me a derramar lágrimas pelo quer que seja.
Não és perfeito nem um pouco, mas és completo, és o suficiente para mim acho que isso basta para sermos felizes.
Mas o melhor em tudo que já vivi contigo e que comprometo-me a viver muito mais é a paz que tu trouxeste na minha vida, e desde aí consigo respirar e ser forte outra vez.


sexta-feira, abril 24, 2020

Tempo cristalizado






Esperei tanto por ti que agora só quero cristalizar todos os momentos que já vivemos juntos.
Vivo na esperança de poder parar este mundo para poder saltar para o teu colo e rodopearmos nestas quatro paredes.
Estou á espera de toda esta tempestade passar e ver um sol raiar lá fora, e ele estar acompanhando do teu sorriso.
Quero colocar aquela cassete cheia de músicas antigas que um dia entregaste no metro quando fazíamos mais uma das nossas despedidas iguais a um filme.
Aquela cassete para escutarmos deitados na cama até adormecermos e o frio obrigar-nos aquecer um ao outro.
Estava iludida de mais com o teu olhar e com as tuas promessas que davam um pouco de esperança.
Esperanças que davam-me mais vontade de nunca voltar a esquecer-te nem querer perder-te.
Levas-me para um lugar onde posso sorrir sem esconder-me por trás de um livro ou os guardanapos de um café.
Levas-me para um caminho sem turbulência.
Levas-me para o fundo do meu "eu" que precisava de brilhar para que pudesse dar-te um pouco da minha luz.
Trazes-me o meu lado mais paciente de que quando espero apenas para abraçar-te.
Levas-me para um caminho sem volta aquele em que te escolhi amar.

domingo, abril 19, 2020

Posso e quero



Posso estar aqui por uma última vez vivendo como se não houvesse um amanhã esperando por mim.
Posso viver hoje olhando para o espelho sem esperar que tenha alguém daquele lado para dizer-me o quão bonita e mulher sou, apenas tenho de construir essa certeza dentro de mim.
Posso e quero aprender a sair de casa deixando de ser uma menina frágil e inocente e começar a olhar para o mundo com menos medo, e mais uma atitude de guerreira.
Posso e quero estar com alguém sem ter o medo constante de ser magoada, sem ter o medo que irei ser abandonada e sem ter o medo que irei escutar as piores coisas que alguma vez poderia escutar.
Queria apenas apagar tudo da minha mente e não viver nunca mais o que fez-me tão mal.
Posso e quero afastar todas as pessoas que eu sei que iriam estar do meu lado apenas para ver-me na minha pior desgraça e enterrar-me até terem serviço completo.
Posso e quero estar na melhor versão de mim custe o que custar.
Posso e quero nunca mais deixar de sonhar por nada nem por ninguém porque sempre foram os meus sonhos que fortaleceram a mulher que sou.
Eu nunca desisti de sonhar porque eu tinha a certeza de algum dia alguns deles iriam se realizar e eu nunca olharia para o meu passado com mágoa e dor, mas sim por merecimento e coragem.

sábado, abril 11, 2020

Eterna inimiga



Devo ser demasiado frágil para não perceber o quanto eu te odeio e o quanto eu te odiei por tanto tempo sem conseguir afastar-te.
Odeio-me por ter permitido de teres estado a rondar-me por tanto tempo e a colocar-me coisas na minha mente que nunca mais poderei voltar a esquecer.
Sinto um sabor amargo no céu da minha boca quando eu penso no tempo em que te admirava, em que para mim eras a minha favorita e que queria ser como tu.
Alguém forte e capaz de mover fortalezas, mas quanto mais eu cresci mais eu apercebi-me que criei um ódio por ti.
Por mais que eu quisesse estar por perto para escutar-te, consolar-te com uma palavra amigável, sabia que sem pensares duas vezes não te importavas de enterrar-me.
Ás vezes penso que poderia não estar viva por viver com tanto medo de sentir a tua sombra a engolir-me dia após dia.
Sentia a tua sombra monstruosa a tirar-me a minha voz, a minha coragem até a minha vontade de viver.
Estava bem claro que não me amavas como deveria ser, eu apenas estava ali como um isco, o mais fácil de destruir.
Vivia presente as tuas vontades com medo de contrariar cada passo e cada palavra, eu só queria dizer-te que tu estavas a levar-me para longe de ti.
Dormia com medo de o amanhã não ser um dia melhor, um dia sem sentir o meu corpo tremer e a minha cabeça a mil.
Cansada de estar perto de alguém que olhava para mim como um eterno inimigo e um eterno alvo.
Cansada de ouvir gritos, maldizeres, calúnias e histórias escritas por uma letra que não era a minha.
Estavas presa no meu pensamento quando no final tudo eu só queria abraçar-te e dizer-te que estava ali para ti sabendo que quando fosses embora eu choraria por ti com saudade e pelo mal causado.
Em mil e um problemas eu tentava esquecer tudo por mais que isso custasse algumas noites de insónias.
Na verdade, as nossas almas não foram feitas para se encontrar porque sempre que elas se encontram, elas chocam e deixam marcas difíceis de curar.
Marcas tão profundas que vão se tornando naquelas cicatrizes que queremos esconder de toda gente.
Não são marcas de vergonha, são marcas de uma história que eu não quero contar, eu não quero procurar o cheiro nem ver a cor desses momentos vividos.
Finalmente, arranjei uma forma de ter um caminho livre só meu, um caminho que infelizmente não iremos percorrer juntas porque as nossas almas tem seguir em frente, e no fim, desta tragédia encontraremos a paz em universos distantes uma da outra.

sábado, março 21, 2020

Peculiar



Consegues ouvir as pancadas dos punhos dos nossos vizinhos na parede?
Eles já devem estar cansados de ouvir-nos a gemer que nem dois selvagens, é verdade, estamos apaixonados e não fazemos outra coisa a não ser descobrir o corpo um do outro.
Dou por mim a pensar que mexes comigo e de um jeito pouco peculiar.
Tu dás-me a certeza que eu não tenho nenhum tipo de rapaz que possa gostar nem pelo seu tipo de cabelo, cor dos olhos ou cor de pele, eu apenas apaixono-me.
Apaixono-me por coisas que só eu consigo falar, sentir e enxergar.
Apaixonei-me por ti por saber que completavas o meu dia assim como sabias tão bem fazer florescer o meu sorriso que tinha sido roubado para um abismo sem fim.
Estou decidida apaixonar-me por ti agora e todos os dias da minha vida mesmo que um dia decidas partir ou que a vida nos separe, mas estou tão decidida a fazer-te feliz.
Estou cega o suficiente para voltar amar de novo porque quando terminei outras histórias de amor disse a mim a mesma que nunca mais voltaria amar ninguém, que era impossível voltar amar alguém quando realmente amava aquela pessoa, agora olha para mim estou caidinha por ti.
Sinto que estou a ser feliz, uma felicidade que eu sentia saudade de ter, a saudade de estar bem comigo e segura para poder amar alguém.
Estava feliz por saber que estarias aqui para amparar-me quando estivesse embaixo e que irias colocar no alto para eu poder continuar a sonhar porque por momentos pensei que nunca mais voltaria a sonhar.
Estou a viver de novo um sonho por estar abraçar-te, beijar-te, sentir-te e até ter aquele jeito tonto de roubar uma camisola tua só para guardar o teu cheiro.
Quando estou apaixonada fico um pouco aparvalhada, mas estou feliz meu amor.