sexta-feira, novembro 17, 2017

Sweet Demon



Acendi a luz do quarto para poder observar-te a dormir parece meio sádico ficar a observar alguém dormindo, mas prefiro ver-te assim quietinho sem te moveres.
Enquanto isso estou a beber uma taça de vinho tinto tentando embriagar a minha alma de não fazer o quero fazer contigo.
Queria tanto explicar-te como doí as feridas abertas que deixaste por todo o meu corpo, não ficaste satisfeito por dar cabo da minha mente como tiveste que queimar todo o meu coração como se puxasses mais um bafo do teu cigarro.
Custa-me dizer-te que a tua vida apartir de agora vai ser um autêntico inferno.
Boa conseguiste!
Acordaste todos os meus demónios que estão completamente disfarçados com uma aureóla que irão seduzir-te, parecer amar-te e acabar contigo.
Enquanto isso estou aqui deitada do teu lado vestida de lingerie com um bastão de basebol do meu lado esperando o momento perfeito para acabar com os teus joguinhos maquiavélicos.
Homens como fazem-se de burrinhos, coitadinhos e que ninguém os quer, mas basta apanhar um pequeno anjo que são capazes de desfazer como eu desfiz todas as memórias que tinha contigo. 
Não foi falta de aviso, meu amigo!
É bem mais doloroso odiar-te em silêncio, sorrir e abraçar-te como se eu ainda te quisesse.
Tudo isto era um plano de poder ver-te morrer bem lentamente por dentro.
Dá-me prazer pensar que eu sabia de todas as mulheres que olhaste, na quantidade de ruas em que nos cruzamos, quantos vestidos levantaste, quantas vezes perdeste o raciocínio e quantas vezes pensaste que tinhas ganho mais uma para tua lista infinita.
Deixa-me dizer-te que eu era todas elas, todas essas mulheres, todos os meus demónios com sede de apanhar-te desprevenido e agora que te apresentas um pouco mais ausente talvez seja a hora perfeita para dizer-te de que nunca gostei de ti e foste uma aventura contada pelos ponteiros do meu relógio, e ainda consigo dizer-te nunca mais via o tempo passar para ver-me livre de um ser tão repugnante.
Nem consigo sentir uma única pinga de arrependimento porque sabe tão bem uma vingança de vez quando.
Soube bem?

4 comentários

  1. UAU, que texto tão intenso, muito bom! Beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. Que texto lindo, amei :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  3. Great post, Darling ❤️
    I'd be happy friendship blogs ♥️ Subscribe to your Blogger
    look at GIVEAWAY

    ResponderEliminar