quarta-feira, 2 de agosto de 2017

A vida é uma pregadora de partidas

Durante o nosso percurso na vida conquistamos e alcançamos várias metas e sempre continuamos a lutar para que tudo dê certo e ás vezes colocamos a nossa felicidade no topo dessas coisas que queremos alcançar. 
Chegamos ao topo, alcançamos, festejamos, a nossa felicidade parece que tudo estagna aí e procuramos por algo novo.
Parece triste, mas é o que nós fazemos sem darmos conta.
Esquecemos que a verdadeira felicidade está em fazer-nos outras pessoas felizes e dar um bocado de nós próprios sem querer nada em troca.
Para mim essa é a verdadeira definição de felicidade, sou feliz nessa simplicidade de fazer o bem e não colocar apenas em coisas porque eu tenho notado que quando alcanço "coisas" acabo por ficar na mesma.
Hoje eu estou a escrever sobre isto porque estou mesmo muito triste, eu tenho uma pessoa muito importante para mim hospitalizada precisando de uma transfusão de sangue, e eu estou muito longe dela (do outro lado do continente).
Tenho o meu coração nas mãos e estou mesmo muito perdida, mas a única coisa que consigo pensar é que desde que a conheço como minha prima sempre fomos muito unidas, sempre pensamos em sermos felizes juntas e sempre tivemos tudo interligado como o olhar e os nossos pensamentos.
Ela vivia em Portugal, mas com o trabalho passou a passar mais tempo a voar do que em Terra e sempre que ela vinha a Portugal, eu juro que largava tudo o que tinha planeado fazia as malas e ia o mais rápido possível ficar perto dela porque ela sempre foi como uma irmã para mim.
No pior dia da minha vida que foi quando a minha mãe faleceu, a minha prima foi das primeiras pessoas com quem falei antes de eu saber exactamente o que tinha acontecido e ela estava de novo do outro lado do mundo a gaguejar sem saber como haveria de dar a notícia porque pensava que eu sabia e quando penso nisso fico arrepiada porque senti o meu corpo todo pesado como se fosse cair, e assim que falei com a minha tia para saber como ela estava senti novamente isso.
Queria encontrar todas as soluções possíveis para ela recuperar e ficar bem de novo e poder dar aqueles abraços demorados sempre que nos vemos , gritarmos e rirmos que nem umas histéricas.
Por mais que queira entrar em paz com o meu corpo e pensar que vai correr bem, tenho medo!
Tento colocar na minha mente que ela foi a pessoa que trouxe-me mais felicidade em toda a minha vida sem nunca pedir-me nada em troca, esse sentimento é incomparável e espero que ela fique bem e possa dizer-lhe isso mesmo sabendo que ela sabe disso.

6 comentários:

  1. obrigada pelo comentário <3
    muita força! espero que tudo corra bem, vais ver que ela vai melhorar e voltar a estar ao teu lado depressa!

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim eu espero mesmo que ela volte. Beijinhos!

      Eliminar
  2. é tão dificil encontrar palavras perante este teu texto, fiquei triste e senti o coração apertadinho!
    força <3

    BLOG | FACEBOOK | INSTAGRAM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo assim como eu sinto-me e estando longe é muito díficik saber como está

      Eliminar
  3. espero que fique tudo bem querida! muita força!

    beijinhos
    The Midnight Effect / Instagram

    ResponderEliminar