sábado, 28 de novembro de 2015

Caravana Azul



Eu sempre disse-te que ias tirar a carta primeiro talvez iriámos viajar de caravana e fazermos muitas viagens como assim suposto pensarmos os dois.
Estamos prontos para a viagem eu com as tranças que tu tanto gostas e tu com o teu cabelo a Samurai e com uma grande cabelereira que sinceramente se um dia cortares todo eu vou chorar junto contigo.
Pus a cabeça fora da janela da caravana enquanto seguiámos todos os kilómetros e observava o céu, observava os tons de Outono da natureza que combinavam com os teus olhos.
As noites frias eram nos parques de estacionamento e aí combinávamos o nosso amor, faziamos amor escaldante, embaciávamos os vidros e gemiámos como se o universo fosse só nosso.
Viámos o sol nascer sobre a nossa face era definitivamente a parte mais linda do dia.
Naquele momento davas a minha mão, encostavas-te no meu corpo como fazias quando eramos miúdos e inexperientes da vida, mas agora com o passar dos anos é bom sentir-te, o teu cheiro não mudou, os teus caracóis definiram ainda mais, a tua vontade de comer só picantes talvez nos levaria ao México.
Acho que ias gostar.
Continuamos com as nossas fotografias sem definição, apenas significados nossos, sempre fomos muito gulosos e sempre gostamos de experimentar tudo e descobrir novos sítios nem que fossem entre os nossos corpos.
Apaixonei-me por ti pelo homem dito ser certo para mim, apaixonei-me e vivi amores contigo como irei continuar.
Apaixonei pelo nosso amor alcoolizado, o mais drogado e o único que nos deixa toxidependentes, nunca quis tanto snifar esta droga, era a tua pele que tinha pontinhos pretos e vermelhos que talvez devem fazer as constelações das estrelas.
Disseram que tu eras um anjo, que o teu nome significava " quem é como Deus" talvez foste criado a imagem de Deus e enviado para mim, para não separar-me e deixar-te, era suposto amar-te, amar-te e amar-te ainda mais.
As tuas gargalhadas e piadas safadas animavam as nossas viagens, paravámos em bombas de gasolina para comprar Golden strike, ligavámos as colunas do carro e dançamos Dubstep que nem uns perdidos.
Gostava como o sol clareava a tua pele pálida, adorava o teu sorriso, as tuas covas, a tua barba que ficava quando vagueavas pelo meu corpo, o teu peito com pêlos que eu brincava tanto, a tua barriga fofinha que dava vontade de agarrar e agarrar por tão fofinha e assim amava o teu corpo, não queria outro queria o teu.
Foi a melhor viagem das nossas vidas deixamos tudo e todos e fomos aventurar pelo mundo a fora e sabes que mais nós vamos realizar um dia isto e não será apenas um texto de amor, mas sim uma vida nossa.
Eu amo-te e assim seja!
nono

4 comentários:

  1. Maravilhosa viagem entre os braços do amor ♥

    ResponderEliminar
  2. Querida Noemi, se assim é e, mesmo que com problemas distintos, olha para a minha história e não baixes os braços. Nada há mais forte do que a nossa vontade de vencer, certo?! Estarei sempre aqui se precisares!!!

    O texto está fabuloso! Continua, por favor!

    NEW COOKING EXPERIENCE POST | Apple Pie Without Sugar
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada por dares força, não há nada melhor que isso.
      E sim iriei continuar a escrever isso sem dúvida, não deixarei de fazer. Beijinhos!

      Eliminar