segunda-feira, 26 de outubro de 2015

A rapariga dos cabelos ruivos

















Um dia uma rapariga de cabelos ruivos seguia numa viagem, ela não sabia exactamente para onde seguia, mas apenas guiava para fugir.
Ela percorreu uma floresta imensa cheia de verdes e cores de Outuno que cantavam sobre os reflexos dos seus cabelos ruivos.
Os seus olhos carregavam lágrimas nunca sofridas, as maças do seu rosto pareciam como a cor do céu ao amanhecer, os seus lábios pareciam como a textura de um pessêgo.
Ela tinha um vestido ás cerejas, era branco e dançava no seu corpo enquanto corria.
Entretanto, ela encontrou um lago e estava lá alguém esperando por ela tinha nome de tristeza, sofrimento e mágoa, esse alguém empurrou-lhe para o fundo do lago.
Lá do fundo do lago ela via todas as cristalinas da água entre elas sentia e via todos os seus erros, todos os seus momentos de fraqueza e tudo isso consta a nas lágrimas em que ela nunca pode acabar de exprimir e por fim, tudo acabou quando ela deu o último folêgo e aí percebeu que a viagem tinha sido curta.
E para sempre aquele lago guardou a rapariga de cabelos ruivos que nunca mais voltou a ser a mesma.
Só que aconteceu algo mágico uma voz trouxe-lhe á vida dizendo : " O coração significa o amor que sinto por ti.
As estrelas querem dizer as coisas infinitas como o amor que quero sentir sempre por ti.
Tu és especial para mim és perfeita porque não consigo pôr defeitos em ti, amo-te  por completo e só a ti, mas só a ti.
Gostava de saber escrever como tu e descrever-te o amor como tu fazes.
Ás vezes quero alegrar-te mais o dia ao ouvires isto porque o que quero de ti é ver-te sorrir e fazer-te feliz, com muito amor.
Saí daí."
De repente, ela saiu das profundezas do lago, nadou até onde podia e avistou uma luz que ordenou-lhe a continuar a caminhar e não parar.
Nesta viagen tão curta avistou todos os seus problemas e perceber que aquela viagem não era assim tão curta que poderia haver resolução para tudo.
Por fim, a rapariga dos cabelos ruivos jamais tinha se sentindo tão bela e intocável ela parecia fazer da água.






nono

2 comentários:

  1. Adorei a história. Realmente inspirador.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Obrigasa Jess é mesmo aquelas inspirações do dia. beijos

    ResponderEliminar