domingo, 30 de agosto de 2015

És só mais uma fantasia- Episódio 16

Era um lindo dia, Kinara acordou tomou um duche muito mais demorado que os outros dias, ela só queria pensar na sorte que tinha em ter alguém como o Isaque.
O Isaque deixou de ser o nutricionista que ela encontrou no supermercado, deixou de ser o rapaz  que ligava sempre para ela e sem darem conta estavam horas a falar, o que o Isaque passou a ser foi uma paixão e depois um amor.
A paixão é bonita porque Kinara passou a querer estar mais bonita, com um sorriso nos lábios nas aula da faculdade ou mesmo no trabalho que por vezes aborrecia.
Kinara andava sempre com emoções meio confusas, mas agora ela sabia que tinha encontrado o homem certo.
Valeu a pena a espera e coragem para segui em frente com a sua vida porque foi aí que ela passou amá-lo, mas amá-lo como se nunca mais tivesse amado mais ninguém assim.
Portanto, Kinara estava livre.
Nesse dia, em que Kinara decidiu sair de casa foi a uma cafeteria pediu um café com natas como ela gosta, sempre com um livro debaixo do braço continuou descendo a baixa até á praia.
Ela só queria beber o seu café, ler um livro e ouvir música não havia combinação melhor do que sentir os pés na areia, a brisa do mar, ver crianças a correr e a fazer castelos de areia.
Kinara passou a olhar para Isaque sem preconceito, sem diferenças, sem nada, ela passou a perceber que tinha um amigo, talvez um namorado, talvez havia mesmo algo que os ligasse sem obstáculos.
Kinara levantou-se da areia e decidiu que iria ás aulas que tinha para assistir, ela só queria acabar a licenciatura e poder finalmente trabalhar em algo que ela gostava o que não é muito possível nos dias de hoje.
Ela encontrou-se como uma amiga antes de entrarem para as aulas e cumprimentaram-se:
- Olá Ângela, está tudo bem contigo? Andas um pouco desaparecida.
- Sim eu estou bem, acho que estou mais decidida agora em fazer as aulas, então e novidades?- perguntou Kinara
- Eu conheci um rapaz na aula de Direito e achei ele tão giro, mas já sabes não tenho muita coragem para prolongar uma conversa com ele. - disse Ângela
- Já sabes qual o meu conselho, eu digo-te sempre vai com calma, pois vai aparecer alguma oportunidade.- disse Kinara
- Estás a ver aquela rapariga ruiva, ela é uma cabra, preparar-te porque ela faz a vida negra a toda gente sabe-se lá porquê.
Dizem que ela andou nas melhores escolas e sempre esteve nos quadros de honra, mas não foi pela inteligência. - fofocou a Ângela
- Hahaha, sempre que venho á faculdade tens sempre coisas para contar, mas agora é minha vez eu estou a viver um amor á Angelina Jolie e Brad Pitt. - disse Kinara
- Quem é o sortudo? Finalmente Kinara já estava na hora de deixar enganar por certos paspalhos.- disse Ângela.
- Ele é nutricionista que conheci quando fui á mercearia, mas também sabes que nunca tive muita sorte com as minhas escolhas. - Disse Kinara
- Temos que entrar agora para as aulas, e eu preciso de contar-te uma coisa e acho que devias saber. - disse Ângela apressando para entrar para a aula.
- Tu já sabes como detesto que contes coisas interessantes só depois, enfim.- resmungou Kinara
- Tem calma miúda, eu ligo-te depois, vá vamos maisé para aula. - disse Ângela
O que é que a Ângela tem para contar? Será bom? Será Mau? Bem que a Kinara precisa de sorte.
Continua...



nono

1 comentário:

  1. Uau! Arrasou!!! Parabéns pelo texto!!

    Beijos!

    http://blogthankgodimpretty.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar