sábado, novembro 10, 2018

Eu não vim pedir perdão, apenas vim despedir-me...



Sinceramente, não vim pedir-te perdão, não vim pedir para que a nossa amizade volta a ser a mesma ou que sequer exista mais.
O tempo ensinou-me a deixar-te recomeçares a tua vida sem mim sem precisar de qualquer ensinamento da pouca experiência que tenho da vida talvez porque sou ingênua demais.
Dei-te demasiada importância talvez até demais ao ponto de chorar ás escondidas para que a tua felicidade não se alimentasse da minha tristeza, dei demasiada importância aos teus sentimentos, mas eu acabei mal vista aos teus olhos.
Agora podes pensar tudo o que quiseres de mim enquanto eu resguardo todas as tuas dores e segredos que eu não gostaria nem iria querer partilhar com mais ninguém mesmo sabendo que esta amizade não existe.
Sinto que precisava de escrever, sinto que precisava de deitar para fora e libertar-me da dor de não poder ter alguém para desabafar, alguém que eu poderia colocar a auto-estima para cima, alguém que poderia ter as conversas mais tolas, alguém que poderia confiar...
Confiar em mim pode não ser o mais fácil neste momento, mas eu fui a pessoa que fez-te sorrir quando choravas, fui a pessoa que quis experienciar momentos contigo e fui a pessoa que fez sentir como se o teu coração se sentisse em casa.
Não estou aqui para julgar-te, não estou aqui para dizer-te que erraste comigo, mas estou a libertar-te para seres feliz e fazer-te saber que eu não irei incomodar mais, não irei encarar-te sem perceber o porquê da raiva que deixaste crescer dentro de mim invés de expôrmos os nossos sentimentos juntas.
Eu não vou aceitar que digam que tu és minha amiga porque eu também fui tua, eu estive lá quando precisei de estar.
Se a vida decidiu separar-nos e fazer-nos seguir cada uma para o seu lugar, não podemos dizer que quando estivemos juntas não fomos felizes porque a verdade é que fomos e agora podemos ser uma sem a outra.
Não temos de fechar mais os nossos sentimentos, o nossos sorrisos e a nossa vontade de viver por não podermos partilhá-lo e espalhá-lo por aí.
Todo este tempo sempre será uma lição para as duas, uma lição para nunca mais repetirmos e fazer-nos mais fortes e melhores pessoas.
Sinto-me mais aliviada depois de deitar tudo o que eu senti até ao dia em que escrevi para ti, quero que Deus te guie na tua vida, consigas realizar todos os sonhos que partilhaste comigo, que a vida te traga mais saúde e que tenhas uma vida abundante cheia de amor junto da pessoa que te faz feliz e deu algum sentido na tua vida.
Espero que sejas feliz...
Adeus porque chegou a minha hora de partir!

1 comentário