quinta-feira, outubro 25, 2018

A culpa deve ser minha...




Não sei se devo continuar a carregar a culpa de não ter feito nada, de não saber se era o momento certo, e se a minha vida hoje poderia estar bem diferente por causa de uma única decisão.
Não sei se vou ter viver pensando no se eu pudesse ou fizesse...
A dor é grande e está a sufocar-me com toda inexperiência de na devida altura não ter sabido ter agido da melhor maneira.
Sinto como se todas as consequências que tem acontecido estivessem debruçadas perante toda a maldade que tem atingido, faz-me pensar se será que mereço todo esse sofrimento e desgosto.
Queria sorrir, mas o ardor nos meus olhos por chorar tanto não deixam-me ver um pouco da luz da felicidade que sobrava para mim.
Era tão pouca, mas todas as tempestades estão a consumir todas as minhas forças.
Será chegou a minha hora de desistir?
Como se não existisse qualquer emoção e vontade de polir todas as arestas da minha tristeza.
Por uma única decisão eu estaria rodeada de amor, conforto e tranquilidade algo que nunca mais consegui alcançar.
Estaria abraçada ao aroma de uma casa de verdade e a um abraço amistoso enquanto que sinto que agora perdi tudo e que talvez não devo ser merecedora de um pouco da chamada felicidade.
Faz-me acreditar que eu mereço tudo isto.

2 comentários

  1. Fantastic post, very nice :)
    I follow you. Would you like to follow me?

    www.guzelvekulturlu.com

    ResponderEliminar
  2. Muita força. Não nos podemos martirizar assim. Na altura tomamos a decisão que nos parece ser mais acertada. Se não estás feliz com o resultado final, há sempre a hipótese de mudar.
    Um beijinho grande*
    Vinte e Muitos

    ResponderEliminar