sábado, dezembro 16, 2017

Termina o que começaste



Á muito tempo que tenho pensado nas coisas que podiamos fazer juntos, sonhar juntos e poder acrescentar ou dar um novo sentido as nossas vidas.
Cheguei a um consenso com a minha mente e preciso de exprimir o que realmente eu sinto em relação tudo isto.
Espero pelo dia em que irei beijar-te parece tão simples falar nisso, mas é mais complexo do que tu pensas porque irei entrar na tua alma com os meus lábios.
Penso na tua boca como se fosse o abrigo para a minha saliva, eu observo como os teus lábios meio queimados pelo cigarro tem uma cor viva e assim que molhas eles intensifica mais o desejo de poder tocá-los.
Se eu pudesse dormiria sobre eles o resto dos meus dias e permaneceria ali para não deixá-los morrer.
Os teus olhos, os teus olhos, os teus olhos, não consigo deixar de repetir estas palavras porque eu consigo designar como um dos olhares mais bonitos e profundos ao mesmo tempo que eu já vi.
São verdes como os olhos de uma fera e imagino que se com o teu olhar todo o meu mecanismo consegue bloquear não quero imaginar quando um dia poderes tocar sem que seja com o teu olhar.
Não quero romantizar tudo o que vejo em ti, mas comecei pelas coisas que não consigo viver sem...
A forma como entraste na minha vida e como aqui permaneceste ninguém pode tirar, ninguém irá apagar todas as emoções que já senti perto de ti.
Sou muito fiel a minha mente e ela neste momento está focada em descobrir como será poder beijar e chupar a pele fina do teu pescoço, como será sentir a pele aquecer e avermelhar com os meus lábios e dessa mesma forma, dar-te todo o prazer que sejas.
Ás vezes queria agarrar o teu pescoço e apertá-lo com carinho enquanto o meu corpo nu fazia amor contigo e assim estaria a saciar o meu lado sadomasoquista.
Do teu pescoço beijaria todo o teu peito e iria brincar com teus mamilos com a minha língua porque mesmo que que não tivesses tesão aqui eu iria mordê-los devagar e sem quereres teres o que já queriamos,tesão!
Não fazes noção do quanto procuro brincar com as tuas ancas poder tê-las junto das minhas e estarmos conectados pele com pele.
Perco a cabeça só de pensar como seria brincar com o teu corpo, ir em cima e embaixo e divertir-me com tudo isso, deixo a minha saliva crescer na minha boca e continuo a molhar os meus lábios como uma safada olhando nos teus olhos e ver-te sofrer por não deixar entrares em mim e poderes mostrar o que vales na cama.
Queria que permanecessemos na posição missionário, olhasses nos meus olhos e sentisses o suor do teu corpo frescar o meu que parece ser ligeiramente doce.
Este sexo meio bruto e cheio de carinho seria o que tinha para oferecer, iria dar-te o meu corpo para explorares com todo o prazer.
 Quero tanto que saibas toda a minha essência e possas ser o homem mais feliz do mundo.
Procuro o silêncio dos nossos mundos e um interruptor para que possa desligar o resto do mundo e aí assim avançar bem devagarinho em tua direcção sentar em cima das tuas pernas e continuarmos o que já começamos.
Eu fodia-te sim de todas as maneiras possíveis até perder todas as forças.

1 comentário