sexta-feira, dezembro 29, 2017

Não tenho um coração feito de pedra

(Imagem retirada do Tumblr)
Hoje preciso falar-te do meu corpo e do teu corpo juntos.
Imagino um corpo nu sendo tocado por uma pena que por cada respiração levita junto de cada orgasmo ecoado das nossas bocas.
Sinto a tua falta, já algum tempo que não sinto o poder das tuas palavras e isso deixa-me sozinha esperando por mais um momento de tesão contigo.
Preocupo-me tanto em alimentar a tua boca com o meu beijo, preciso de beijar-te agora e beijar-te muito mais.
Tu não tens noção do quanto desejo sentir a tua barba picar os meus lábios, sentir a tua saliva doce, sedosa e cheia de amargura, dor e sofrimento de um amor perdido.
Eu preciso e queria curar todo esse sentimento macabro que consome a tua alma.
Tu sabes que a minha porta está sempre aberta, deixo sempre a chave naquela mesa de cabeceira para trancares a porta e mostrares o quanto és louco nos meus braços.
Sinto uma solidão tremenda de não poder apaixonar pelo teu olhar e de não olhares para mim num momento completamente normal com aquele olhar de que eras capaz de devorar até a minha alma.
Queria abraçar-te, eu precisava disso!
Precisava de largar os meus braços do teu peito e descer as tuas calças deixar-te maluco e poder apreciar cada pedaço teu com os meus lábios inferiores, os mais carnudos que estiveram tão junto de ti.
No meio de toda exitação lembrei-me que quero que tomes conta de mim e me ames nem que seja só para amar o meu corpo e esquecermos que não tenho um coração feito de pedra.
Quero que ames todas as minhas cicatrizes, revejas todas as minhas estrias como histórias inacabadas, que ames profundamente a minha pele e acaracies e puxes o meu cabelo com vontade de consumirmos todos os orgasmos um do outro.
Arranha o meu corpo sem dó e deixa-me marcada com esta noite louca que resume-se ao que mais queria na vida.
Preciso de voar até a lua de novo, testar todos os meus limites contigo e esquecer-me de respirar pela primeira na vida.
Acho que sempre procurei alguém como tu para que possa dormir e acordar de noite e pedir-te para fazeres amor comigo de novo.
Eu sinto a tua falta e preciso que voltes rápido para mim, temos tantas noites inacabadas para recomeçar, promessas por cumprir e uma cama para partilharmos.
Nós merecemos esta vida é agora ou nunca.


Sem comentários

Enviar um comentário