segunda-feira, outubro 02, 2017

O nosso último beijo se assim for...



A vontade de conhecer-te aumenta com o passar dos dias é como se fosses um desconhecido com o passar dos dias.
A vida tem dado a oportunidade de estar só com a minha mente e os pensamentos, e é uma coincidência como tu vives bem dentro deles.
Tenho andado por aí a respirar o mesmo ar que tu que condiz com todos os nossos sonhos juntos.
Além de, ainda ter de ouvir a tua voz, ver o teu sorriso, os meus momentos de amnésia concederam-me o prazer de poder conhecer o teu olhar.
Espero pelo momento de poder beijar, mas tenho medo de gostar e a minha mente por si apagar essa sensação tão bonita.
A minha mente quer que a leves contigo, que fujas comigo, que te prendas comigo num lugar eterno onde jamais poderei esquecer-me de ti.
Eu não quero esquecer-me de ti, eu não quero dormir contigo e dia seguinte não conseguir lembrar de um momento contigo.
Eu preciso de cuidar de ti, estar perto só por estar, falar por falar sem beijar apenas por beijar.
Para além de um toque aprendi a não esquecer-me do aroma que flutua suavemente sob a tua pele fazendo com que todas as outras não tenham a mesma importância e enquanto penso e escrevo sobre ti.
Com o tempo comecei a colocar o que fazias sentir dentro de um caixa onde mora a saudade e a força de uma lembrança.
Queria tanto que olhasses para mim como eu olho para ti á procura do aconchego que a tua presença dá-me mesmo que seja em segundos bem conómetrados.
E que essa minha procura fosse saciada com a minha fantasia de poder encontrar-te numa banheira grande com um toque bem rústico e as suas pernas seriam douradas como o sol que penetrava nas cortinas brancas que estava bem á frente do teu corpo que brilhava como ouro.
A nossa banheira estaria repleta de leite de cabra e magnólias o que seria a combinação perfeita para explicar-te como eu amo a forma como os teus ombros estão expostos e parecem ser a parte mais sensível do teu corpo.
Já me contento por sentir a tua respiração nas minhas costas e nem imaginas quantos poemas já compus sobre ela.
A tua vida, a tua respiração passou a ser o meu modo de viver, vivo para eles.
Quando eu esquecer-me de algo repete tudo o que já fizemos juntos para que eu possa morrer com um último beijo teu se assim for...

11 comentários

  1. Respostas
    1. Sim por vezes esse tipo de sentimento aparece sempre na vida de alguém.

      Eliminar
  2. Que texto lindo <3
    Beijos,
    http://i-dreamer-girl.blogspot.pt/2017/09/bem-vindo-sejas-meu-querido-outono.html

    ResponderEliminar
  3. obrigada pelo comentário <3
    que texto mais lindo! escreves super bem :)

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Texto maravilhoso! Cheio de sentimento, de paixão...
    Beijinho, minha querida!
    BLOG | FACEBOOK | INSTAGRAM

    ResponderEliminar
  5. Um texto muito bonito. Gostei imenso de cada palavra. <3
    Beijinhos, The Fancy Cats

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Adriana fico muito contente por continuares a gostar dos meus textos!
      Beijinhos! 😊

      Eliminar
  6. Amazing post, so interesting! great!
    I'm first time on your blog and It's amazign! Like it so much!
    Maybe follow for follow? Let me to know on my blog.
    Hope you will visit me.
    Maleficent

    ResponderEliminar