sábado, 5 de novembro de 2016

África Minha!


O meu orgulho de ser africana não está associado ao facto de lá estar ou não, mas sim em olhar ao espelho e ver essa minha cor linda que é o reflexo de uma África imensa coberta de cor, sabor e muita descendência.
Sinto-me bem africana quando é hora de mimar esses meus cabelos macios que por outros são intitulados de um jeito cruel.
Orgulho é colocar aquela garfada de Cachupa, Moamba, Funge, Kisaka nos meus lábios e saboreá-los como se fosse a única comida a fase da terra.
Ser africana e poder revestir o meu corpo das capulanas cheias de cor, ritmo, alegria, pobreza e riqueza tudo o que a minha África transmite.
África deve ser vista com os olhos e guardada no nosso coração.
África cheira a terra vermelha.
África é a dança da família.
É a união da Kizomba, do Funaná, do Semba, do Kuduro numa só língua.
África mora no meu sangue.
África é minha!


6 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada Cátia ê mesmo muito poder sentir assim. Beijinhos!

      Eliminar
  2. É tão importante sentirmos-nos bem connosco, mesmo!
    Adorei poder sentir este lado :p

    Beijocas,
    ANDA DAÍ!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Sofia é com todo o meu prazer partilhar estes sentimentos com vocês.
      Beijinhos!

      Eliminar
  3. adorei o texto! é tão bonita a forma como expressas o teu orgulho pela tua cor e pela tua nacionalidade! <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada por teres gostado fico muito feliz. Beijinhos!

      Eliminar