sábado, 25 de junho de 2016

A preguiça mora comigo


Hoje é daqueles dias em que não apetece fazer mesmo nada como todos os outros dias em que se pudesse ficaria esticada na cama á espera de dias melhores.
Passo muito tempo no meu quarto deitada a ouvir música, costumo ter grandes diálogos com a minha mente e ler livros de escritores loucos como eu.
Rego as minhas plantas como se fossem uma grande responsabilidade nem sei acho que tenho mais empatia por elas do que por algumas pessoas.
Detesto dormir com a janela aberta e essa luz invadir o meu sono como se fosse obrigação dela talvez deveria comprar umas cortinas.
Ontem na baixa vi umas cortinas numa loja que talvez daria alguma harmonia a este quarto.
Admito que por vezes consigo passar dois dias a passar por algo que já devia ter arrumado, acho que a minha mente não assimula que tenha de fazer tal coisa.
Tenho tantas coisas para fazer e não consigo parece que sinto-me cansada todos os dias sem fazer nada.
Oiço as pessoas em festa, a combinarem para tomar café, os passáros a cantar e procriarem-se, mas eu continuo fechada aqui dentro.
Invento decorações no quarto para pensar que afinal tenho alguma criatividade e não só aquela questão perdida pela família.
Tenho saudades de um bom bolo, de boas conversas e brincar com os animais dos outros.
Eu sinto que estou a perder muito do que se passa lá fora que vem desde as recordações até aos aromas nostálgicos.
O que se passa comigo?


nono

6 comentários:

  1. Olá minha querida :) Antes de mais, quero dizer-te que continuo perdido pelas tuas palavras que chegam logo ao coração. Para que te sirva de alento, eu já passei pelo mesmo que tu. É normal numa dada fase das nossas vidas em que tentamos ser tudo e não conseguimos ser/nem fazer nada. O importante, agora, é começarem a sair do teu "ninho" aos poucos. É uma questão de te aproximares de amigos e seres tu própria a tomar a iniciativa de sair. Nem que seja por 5 minutos :)

    NEW OUTFIT POST | Baby Blue.
    ×Pieces Of Me, Blog
    ×@mgouveiaa, instagram
    ×Facebook Official Page

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu nem sei como agradecer a tuas palavras. É realmente assim que eu me sinto e torna-se dificil chegar perto dos meus amigos e ter uma vida outra vez vá.
      Não sei como não conseguir exprimir o que sinto e fico contente por isso tocar e ter alguém a falar comigo que já passou pelo mesmo faz-me sentir menos estranha kkkk.
      Beijinhos!

      Eliminar
  2. Da metade pra baixo do texto sinto as mesmas coisas. No meu caso são muitas preocupações que me paralisam, sendo que eu não deveria deixar que isso acontecesse, ao invés de ficar parada deveria me mexer para organizar e arrumar as coisas. Com o tempo as coisas vão se ajeitando e dias melhores virão.
    Beijos
    Mundo de Nati

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade natála eu fico mesmo paralisada a ver as oportunidades a passar e isso não deveria acontecer

      Eliminar
  3. Há fases e fases, há dias em que me sinto assim e não sai mesmo nada. Mas pelo menos ainda tens energia para vires ao blog :) canaliza a tua motivação para o que te faz realmente feliz e talvez voltes a encontrar a tua "fonte"
    beijinho *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Rute e é verdade eu venho ao blog e não sei como. Mas o blog é mesmo o meu canto dos desabafos e é a única coisa que penso que não posso desleixar. Beijinhos!

      Eliminar