segunda-feira, 23 de maio de 2016

Vejo amor onde existe prazer



Sinto o vazio destas manhãs em que tomo o meu café e fico a tua espera na esperança que voltes o mais rápido possível.
Morro de curiosidade para saber o que estás a fazer sem mim?
Sempre que pedi para ficares foi com vontade de poder admirar mais o teu corpo e poder decorar todos os sinais que percorrem nele.
As minhas manhãs contigo sempre tiveram os raios de sol, as flores da primavera abrigaram as paredes brancas do nosso quarto, e consigo trouxeram os aromas das flores para os nossos lençois junto com o cheiro da tua pele.
Até deixei os cigarros só para poder ter o teu cheiro, a tua essência.
Por mais que no meu egoísmo eu tenha sido a razão de teres ido embora devido a minha tremenda teimosia, eu quero que fiques, simplesmente fiques, faz amor comigo, diz que amas, diz que não sabes como é passar 48 anos ao lado de alguém, mas que pretendes cumprir.
Luta por mim porque eu lutarei por ti e continuarei a beber o meu café e a fazer as torradas com doce que tu gostas na esperança que venhas comer e rir comigo mais uma vez.
Será que é hoje que vens ter comigo?
Fico a tua espera!

nono

4 comentários:

  1. Parabéns pelo seu blog, gostei muito e já estou seguindo. MUITO SUCESSO!!! Se puder visita o meu http://fatisegredosaudemagica.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico muito contente por ter gostado do meu blog.
      Irei passar pelo seu blog.
      Beijinhos!

      Eliminar