quinta-feira, 19 de maio de 2016

Perigoso é viver infeliz



Parece que vivemos com vontade de mudar tudo.
Mudar o nosso corpo, mudar o nosso estilo de vida, tentarmos ser perfeitos para tudo e todos ou acharmos que não conseguimos fazer uma vida sozinhos, mas no final de tudo não estamos a ser felizes.
Muitas vezes, a infelicidade vem de vivermos mais para os outros do que para nós, todas as metas atingidas por nós tem que vir de nós, de algum sítio podemos não saber qual, mas nós é que devemos ter a motivação.
Ninguém pode mandar-nos para ginásios emagrecer, ninguém deve decidir se queremos ter tatuagens, ter piercings ou ser maluca por livros.
Ninguém deve fazer um modelo de nós próprios só para agradar, só para eles ficarem bem e felizes com o ego em cima enquanto nós usamos mil uma máscaras por dia.
Nunca devemos achar que não conseguimos viver sozinhos, não há nada tão pacífico como sentar num parque com um lanche e música e observar tudo a nossa volta, colocar as ideias em dia e pensarmos na vida.
Ou irmos ao cinema sozinhas ou numa livraria e perder-nos lá com os livros mesmo se não formos comprar.
Ou como é bom chegar a casa e sentir o silêncio da nossa casa e a paz de todas as coisas que ouvimos durante o dia.
Isto é eu chamo felicidade!

nono

4 comentários:

  1. As vezes me confundo entre os meus reais desejos e o dos outro. Belo texto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, mas os nossos tem que falar mais alto.

      Eliminar
  2. Obrigada <3
    Adorei o texto *.*
    http://diaryofalittlebee.blogspot.pt/

    ResponderEliminar