sábado, 28 de maio de 2016

A culpa não é tua nem minha


Uma rapariga foi esturpada por 30 homens e não pude ficar sem falar deste assunto porque é sério e está a mexer com todas as mulheres.
Nós mulheres vivemos com o medo de andarmos sozinhas á noite, com o medo de que alguém fazer-nos mal, como de alguém invadir o nosso corpo só para satisfazer, ir embora e a nossa vida ficar destruída.
Nós mulheres estamos sujeitas a não poder usar roupas curtas e o que quisermos porque os homens sentem-se tentados e nós é que estamos a provocar.
Acham que uma rapariga queria ser esturpada por trinta homens?
Eu não consigo explicar que tipo de tratamento estes homens deveriam ter quando forem todos presos, mas por mim podem ter a pior porque para além de ter invadido a mente e o corpo não contentaram-se e fizeram pior.
Espalharam pela Internet um crime difícil de apagar que já está nas mãos de outras pessoas, outras pessoas viram o estado em que esta rapariga ficou e até desaparecer da Internet vai ser ainda mais traumatizante.
Acredito que se fosse a mãe deles, eles não iam pensar duas vezes, se fosse a filha deles também ficariam revoltados.
Pior ainda existem pessoas que dizem que a culpa é dela, mas desde quando uma mulher pede uma coisa dessas?
Desde quando é queremos relacionar sexualmente com quem não queremos?
Eu posso nunca ter passado por isso, mas eu sinto uma tristeza enorme e espero que ela seja muito forte, seja uma guerreira, que não desista de nada que a vida ainda possa proporcionar.
A culpa não é nossa, mas sim das sociedades machistas e opressoras, dos ideiais marcados e nunca alterados, a culpa é das pessoas em pleno sec.XXI virem para as redes sociais falar merda.
Não informarem-se de nada apenas falam coisas sem cabimento nenhum sem saber que no mundo a cada 12 minutos uma rapariga está a sofrer e nós estamos sujeitas a esse tipo tratamento porque é disto que o nosso mundo está a tornar, se não conseguirmos combater contra isso corremos o risco de mais vidas ficarem marcadas por crime tão perturbador.


nono

4 comentários:

  1. Eu não vi o tal vídeo mas estou em choque... os governos em vez de gastarem dinheiro em projetos sem pés nem cabeça, deviam gastar num ensino obrigatório à mulher de defesa pessoal básica, eu já nem de dia ou na rua descansada... quanto mais à noite!!
    é bárbaro e nojento, olha vi que não sei onde foi permitida a pena de castração por métodos químicos, devia ser em todo o lado! desumano? desumanos são estas porcarias com duas pernas que fazem o que querem, ando revoltadíssima com a sociedade não só no que toca a machismo, mas em tudo! Cambada de egoístas egocêntricos... Ai deus o mundo em q vivemos... enfim...
    Beijinhos
    Pat
    Visita ^_^
    http://patsorangeblossom.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse acontecimento dá-nos ainda mais medo ou receio de andarmos na rua e se nos acontecer vão culpar-nos pela roupa ou que fizemos por merecer -.-

      Eliminar
  2. temos de nos juntar ás actividades que defendem as mulheres, temos que dar a nossa voz assim como fizeste!
    Good job, estou de acordo!
    Beijinho
    Kay

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Kayla, eu acho muito importante defendermos os nossos direitos e falarmos destes temas até não podermos mais.
      Beijinhos!

      Eliminar