domingo, 6 de março de 2016

Aprendi a conhecer-te de novo




Sempre pareci uma criança quando vai a primeira vez a uma loja de doces porque fico parada a ouvir todas as coisas que dizes e da forma como fazes as coisas porque acho fantástico.
Simplesmente sinto-me parva.
Entre as nossas conversas acabo por perceber que és a pessoa certa para mim, és um companheiro  de guerra que batalha comigo todos os dias que dá-me força até quando eu digo que não vou aguentar mais.
Posso chorar e ter um colo de consolo, posso rir e ter um momento de euforia.
Não posso deixar de mencionar que pareço uma louca a rir sozinha com o telemóvel na mão das mensagens que envias e fico a pensar que fazes depropósito por conhecer tão bem.
Nunca pensei que conhecer-te todos os dias seria tão interessante e fizesse apaixonar cada vez mais, que fortalecesse tanto o que nos aproximou e que as discussões não reinassem esta relação.
As discussões sempre existirão, mas não podemos deixar que elas tragam o fim de um grande início.
Com isso peço a Deus para nunca permitir violência nem os maus costumes e que permita a felicidade.
O amor e harmonia são duas coisas que necessitamos de ter em nossas vidas, se não aprendermos a viver assim mesmo sendo casal não conseguiremos lembrar de uma relação com tanto carinho.


nono

2 comentários:

  1. Meu amor, adoro estes textos. Ainda dizes tu que não tens inspiração ;). Passa lá no Blog. Nomeei-te numa TAG! Beijinho doceeee*

    Bruna, do B.lliccious/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Kkkkkk deve ser aqueles dias ou horas que não sei o que fazer depois surge estas coisas. yey fico agradecida vou passar pelo teu blog!
      Beijinhos doces

      Eliminar