segunda-feira, 28 de março de 2016

Ainda tenho esperanças



Tenho ainda muitas esperanças de um dia encontrar-te nos bosques,nos rios, nos campos.
Como tenho eu esperanças de um dia passear contigo, acaraciar teus lábios e beijar tua boca macia e doce.
Como queria eu entender porque nos demos tão mal, não queria sofrer tanto para ter aquilo que sempre sonhei.
Quero esperar, vou esperar, tenho de esperar para ter esperanças de um dia ter a minha liberdade violenta.
Quero esperar por alguém a quem dei minha vida, meu coração!
Para um dia conquistar o que ainda tenho como esperanças.

nono

2 comentários: