sábado, 7 de novembro de 2015

A verdade que nunca conheceste



A verdade que nunca conheceste é que quando apaixonei por ti já tinha presente em mim a tua sombra que perseguiu-me para todo o lado.
Dentro dessa sombra tinha o teu sorriso, a tua tristeza, a tua força, o teu ar diplomata, aquele teu cabelinho que perde-se entre todos que tens.
Tinha comigo a vontade que nunca tiveste de desistir de mim nem nos últimos segundos em que agarraste a minha mão mesmo sem saber como reagir, mas estares ali só á espera de seres levado porque sabias onde era o teu lugar, era comigo.
A verdade que nunca conheceste é que tens de aprender a calar-te e ver como és lindo por dentro e por fora.
No espelho em que olhas todos os dias para lavar os dentes quero que digas: " eu sou lindo e tenho mais um dia pela frente". É assim que deve ser.
Não sei como estás agora, mas tu és muito importante para mim, muito mesmo.
E entre as oportunidades que a vida tem dado tens de escolher se é esta que queres viver com toda a intensidade.
Apenas viver!


nono

Sem comentários:

Enviar um comentário