domingo, 18 de outubro de 2015

És só mais uma fantasia- Episódio 20



Certa dia, estava a Kinara a caminho da faculdade e recebeu uma mensagem no telemóvel do Isaque dizendo o seguinte:
- olá amor, dormiste bem?
- Só queria mandar-te uma mensagem a dizer-te que tu és tudo para mim, tu és a mulher que eu amo, tu és a pessoa mais importante para mim porque eu amo-te, eu amo-te tanto não tenho palavras para descrever o que eu sinto porque eu amo-te e amo mais o nosso amor.
- Quero dar-te tudo tudo o que precisas porque eu amo-te e quero que saibas que quando precisares de alguém eu tou ali porque eu sou assim e sempre quis ajudar e cuidar de ti, e por isso que faço as coisas que faço porque eu não quero perder-te.
Tudo porque o teu sorriso é perfeito, quero-te só a ti e sou completamente maluco por ti.
Tudo isto para desejar-te um bom dia.
E a Kinara respondeu:
- Eu também amo-te amor daqui umas 3 horas estaremos juntos xD- respondeu Kinara
- Amo-te baby- disse Isaque
Apartir dessa hora a Kinara foi com um sorriso de orelha a orelha esperando o tempo passar mais depressa.
Assim que chegou á faculdade encontrou a Ângela á entrada com dois copos de Starbucks e os bolinhos de areia da pastelaria que a Kinara mais gosta :
- Olá Ângela então o que se deve a estares aqui á porta com dois cafés e bolinhos?! - perguntou a Kinara
- Ah Kinara eu sou tua amiga né,sabes que também não é nada demais. - disse Ângela.
-Humm o que é tu queres? Diz lá, mas primeiro quero o meu café
- Bom Kinara tu sabes que eu tenho andado muito ocupada...- disse a Ângela
- Oh sim, ocupada em festas, tenho seguido as tuas actualizações no Instagram #quesafoda #bebâdaassumida - disse Kinara
- Ahm, não seijas assim Kinara - disse Ângela
- Sabes estás a dar muitas voltas, eras capaz de dizer-me o que tu queres especificamente? - perguntou Kinara de novo
- Kinara eu preciso que ponhas o meu nome no trabalho de Sociologia, eu não percebi nada daquilo ajuda-me! - exclamou Ângela
- Quer dizer eu passo uma noite inteira a bater a matéria, para ti sua bebâda assumida pedires para pôr o teu nome?!
- Kinara é só desta vez, eu faço tudo por ti, tudo! - desesperadamente exclamou Ângela
- Traz-me café durante uma semana, com os bolinhos que gosto e com a quantidade que eu gosto, até é bom sermos amigas kkkk
- Pois e agora vais fazer acordar cedo só para o teu café! - resmungou Ângela
- Se não andasses que nem uma desvairada não estava a sacrificar o teu sono, olha pensa nas horas que perdi.- disse Kinara
- Olha eu vou para aula de História, obrigada Kinara não sei o que seria de mim sem ti- disse Ângela
- Kkkk eu sei, uma bebâda assimida, oh meu Deus olhem para mim, hastag- gozou Kinara
A mente de Kinara não estava estar naquela aula assim que tocou o alarme da escola, ela saiu a correu para liberdade e sentiu que ia estar entre os lábios de Isaque e o seu sorriso orgulhoso de a ter por perto.
Entretanto, quando ela apanhou o autocarro para casa e viu o Isaque esperando por ela na janela, ela sorriu e todo o seu mundo mudou.
Subiu as escadas a correr e encontrou a porta aberta e atirou-se aos braços dele e disse-lhe:
- Tu fazes-me querer viver, beijar-te e dizer-te como se tudo fosse a última vez que te fosse ver, eu apaixono-me todos os dias por ti...- disse Kinara mordendo os lábios
- Tu sabes que não gosto quando acabas as tuas frases mordendo os lábios, sabes o que isso quer dizer para mim - disse Isaque
- Isaque deixa-me ser só tua, só tua, eu não quero perder-te - responde Kinara
- Kinara tu não vais perder-me eu já estou aqui - disse Isaque
- Mas eu tenho tanto medo...ufff- suspirou Kinara
- Anda comigo vou levar-te onde eu quero amar-te - disse Isaque agarrando a Kinara pela mão
O Isaque chegou perto de Kinara beijou-a como os filmes e os livros encenam, tirou-lhe a roupa como se fosse a primeira vez e deitou-a na cama e disse o quanto sentia falta do seu perfume, da brisa da sua pele, dos seus olhos grandes e rendondos olhando para ele.
Portanto, a Kinara disse:
- Isaque,quero rir e gritar ao mundo o quanto eu amo-te, que ja não são as músicas que libertam para o mundo, mas sim és tu quando beijas e entre a respiração dizes que amas. A nossa maior química graças a Deus não mora entre as nossas pernas, mas mora sim na nossa mente, nas conversas,nos nossos sonhos e as nossas fantasias. Por vezes sinto que mudei de casa, mudei da minha para o teu coração, passei de ter felicidade em mim para oferecer-te. Eu amo-te tanto Isaque! - exclamou Kinara.
Foi apartir de mais um momento que Kinara e Isaque tinham cada vez mais a certeza que era um com o outro que queria continuar a partilhar esses tipos de diálogos e que ainda queria partilhar uma cama onde poderiam espalhar com muito amor.

nono

Sem comentários:

Enviar um comentário