domingo, 8 de fevereiro de 2015

Desanuviar

Preferia estar num sítio pacífico, um sítio de vestido branco num sítio cheio de nuvens e um céu azul. Num sítio cheio de luz divina. Num sítio em que não pudesse escutar minha voz, num sítio em que não sentiria o toque, num sítio que não saberia se estava viva ou não. Num sítio com velas de agradecimento e areia nos meus pés.
Queria não sentir nem frio nem calor, queria deixar-me ir ou seguir algo um rasto,uma luz, alguém.
Precisava de desanuviar do tempo, num silêncio profundo, precisava de ter meus olhos fechados, precisava de inspirar em outro sítio que desconheço.

Sem comentários:

Enviar um comentário