quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Problemas temos todos

Acordamos e pensamos que temos de ir trabalhar ou estudar, está a chover lá fora, está frio, temos muitos transportes para apanhar, socializar com os colegas, procurar o que almoçar, o que vamos vestir e calçar, talvez temos uma fatura de televisão, luz e água para pagar e com aviso de corte.
Temos pessoas chatas quando digo é chatas de verdade que não nos deixam nada calmas a tratar dum documento, ou mesmo quando vamos no autocarro e qualquer descuido é motivo de conversa.
O barulho das pessoas, música, mensagens nos levam á loucura!
Nesta confusão toda ainda não paramos para pensar nos outros e os outros como se sentem?
Eu faço esta pergunta a todos, porque quando ia a caminho da escola eu reparei em algo em que naquele momento caguei completamente nos meus problemas e pensamentos.
Vi um miúdo mulato, sentado num banco com um sumo com a mão na cara a chorar, eu larguei o livro e fiquei a observar e senti a dor dele não imagino do que poderia ser.
Um casal parou e falou com ele e parecia perguntar o que se passava com ele.
Esse miúdo parecia ter 10 anos e a maneira como chorava nunca vi, temos tantos problemas, stress, decidir o que vestir e ás vezes contas para pagar tem alguém na rua sem paradeiro a chorar e a precisar só que o oiçam.
Problemas todos temos, mas ajudar-nos uns aos outros faria de nós melhores.

Sem comentários:

Enviar um comentário